Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua inspira você a viajar mais e a viver experiências transformadoras, por meio de planejamento de viagens, história e dicas de lugares e de Goiânia

Diário de Viagem: O que fazer em Porto Seguro?

Praia Barramares

Porto Seguro, localizada a 707km de Salvador, é um dos primeiros vilarejos do Brasil. Foi na região de Porto Seguro, em Santa Cruz de Cabrália, que os portugueses atracaram no Brasil em 1500. Entretanto, a vila só foi fundada em 1535, sendo tombada como Patrimônio Histórico Nacional desde 1973 e Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco em 2000.

Dessa forma, além de aproveitar as inúmeras e animadas barracas de praia da cidade, conhecer a Cidade Alta e a Cruz do descobrimento são essenciais em um roteiro pela cidade. Já estive três vezes na cidade (2000, 2004 e 2014) e ainda assim quero voltar.

O que fazer em Porto Seguro

Cidade Alta – Centro Histórico

A parte histórica de Porto Seguro está localizada no topo de uma falésia sobre a orla.  O Vilarejo que deu origem à Porto Seguro, e ao Brasil, é tombado pelo patrimônio histórico da UNESCO e abriga o Marco do Descobrimento, trazido de Portugal por Gonçalo Coelho em 1503.

Durante o passeio por essa parte da cidade, conhecemos, entre outros lugares, a Igreja de Nossa Senhora da Pena e a Casa de Câmara e Cadeia, que atualmente abriga o Museu de Porto Seguro, totalmente restaurado. Desse modo, vale a pena pagar um guia, que sempre fica na localidade, para conhecer a história do descobrimento do Brasil e como era a sociedade colonial brasileira.

Marco do Descobrimento

Passarela do Álcool 

Imagine uma avenida cheia de barraquinhas de comidas, bijuterias, artesanatos, roupas, bebidas, lembrancinhas e mais um pouco, gente bonita e de todo lugar do mundo, assim é a Passarela do Álcool. É parada obrigatória para todo turista, principalmente para os que gostam de comprar e apreciar a gastronomia típica.

Coroa Vermelha e Cabrália

A praia de Coroa Vermelha é uma enseada localizada entre Santa Cruz de Cabrália e Porto Seguro. Foi na praia de mesmo nome, que fica na região, que Pedro Álvares Cabral desembarcou em 22 de abril de 1500 e celebrou a primeira missa no país, em 26 de abril do mesmo ano.

Em Santa Cruz de Cabrália há uma reserva Pataxó com nativos que vendem artesanatos, bem como um museu indígena. A praia é lindíssima, cercada por coqueiros.

Barraca de Praia – Axé Moi

As barracas de praia de Porto Seguro são atrativos a parte, com muita música e atrações para toda faixa etária.

A Axé Moi é um complexo de lazer localizado na Praia de Taperapuan, com bares, restaurantes, lanchonetes, DJ’s, bem como um palco onde se apresentam humoristas, a Cia de Dança Axé Moi, professores de dança e entre outros. Recomendo para quem quer aprender a dançar os hits do verão e queimar as calorias.

Durante a noite tem a tradicional Festa Fantasy e o Luau. Vale ficar de olho na agenda do complexo, pois há programação durante o ano todo, principalmente na alta estação (janeiro, fevereiro, julho e outubro).

Além da Axé Moi, barracas como Barramares e Tôa Tôa também são bem agitadas e possuem diversas atrações.

Veja outras atrações do nordeste aqui.

2 comentários em “Diário de Viagem: O que fazer em Porto Seguro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo