Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

Viagem e Planejamento financeiro – por onde começar?

viagem planejamento financeiro lary di lua

Ter um planejamento financeiro ajuda não só a ter uma vida mais tranquila e livre de dívidas, mas também alcançar objetivos de curto, médio e longo prazo. Trocar de carro, fazer uma viagem e até mesmo comprar uma casa é possível quando a gente lida bem com o nosso dinheiro.

Esses dias fiz uma pesquisa nos stories perguntando o que mais impedia as pessoas de viajar, e a maioria respondeu que era falta de tempo e de dinheiro.

Por isso, resolvi fazer este post para te ensinar a lidar melhor com as finanças, seja para planejar uma viagem ou não.

Qual a importância do planejamento financeiro?

Saber controlar as finanças e identificar as origens dos nossos gastos é essencial para que a gente consiga viver tranquilamente e sem dívidas. Afinal, saber que a conta não vai fechar no fim do mês e que provavelmente teremos que pegar dinheiro emprestado (com um familiar ou com o banco) tira o sono de qualquer um.

O problema é que a maioria das pessoas só dão importância para o planejamento financeiro quando se veem com a fatura do cartão de crédito altíssima ou com os inúmeros telefones de cobrança.

Apesar de existirem diversas modalidades de crédito atualmente, elas precisam ser usadas com muita sabedoria. Mas o que acontece é que, na falta de dinheiro vivo, acabamos usando o cartão. E se isso acontece com frequência, pode virar uma verdadeira bola de neve.

É uma compra parcelada em 6x que acaba se encontrando com aquela outra dividida em 10x, e o delivery de comida que a gente acaba pedindo todo final de semana, é o dente que começa a doer sem mais nem menos e te custa R$200 de uma vez só. Sem contar com as despesas fixas, como de telefone, alimentação, água, energia, aluguel e a gasolina do carro.

A falta de controle muitas vezes acontece porque a maioria dos brasileiros não têm educação financeira desde a infância. Dessa forma, lidar com o dinheiro é sempre um grande problema, principalmente em momentos de pandemia.

No ano passado, o percentual de endividados no país chegou a 66,5%, de acordo com estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Mas se você chegou até aqui, quero te contar que ainda não é tarde para você ter um planejamento financeiro.

Por onde começar a controlar as finanças?

planejamento financeiro lary di lua
Foto de Liza Summer no Pexels

Em primeiro lugar, você precisa listar todas as suas fontes de renda:

  • Salário;
  • Freelas;
  • Aluguel;
  • Etc.

Em seguida, é hora de anotar todas as despesas fixas, ou seja, aquele valor que sempre será descontado da sua renda, como:

  • Alimentação;
  • Aluguel ou prestação da casa (quando existir);
  • Gás;
  • Água;
  • Energia;
  • Internet;
  • Serviço de Streaming;

Também é importante anotar a prestação de um celular, carro, ou faculdade, por exemplo.

Logo depois, anote as despesas variáveis, como a média gasta com lazer (passeios, encontrar os amigos, cinema), com transporte, entre outros. Em tempos de pandemia, esses gastos reduziram ou ficaram totalmente ausentes. Contudo, muita gente passou a pedir mais delivery de comida e assinar cursos online.

Por isso, minha primeira dica é analisar se a sua renda é suficiente para cobrir suas despesas fixas e variáveis. Caso contrário, é preciso verificar se existe alguma possibilidade de diminuir algum gasto. Se preciso, cancele a assinatura de algum serviço, ou negocie um novo plano com a operadora de telefone, por exemplo.

No meu caso, gosto de estipular um valor fixo para eu gastar com determinadas categorias. Antes da pandemia, eu separava R$100 para lazer durante o mês, ou seja, ir ao cinema, sair no final de semana, essas coisas. 

Além disso, é importante ter um objetivo de curto e médio prazo bem claro e poupar dinheiro pensando nele. Eu sempre estipulo um valor para economizar por mês pensando nas minhas viagens, mas pode ser para trocar o celular, comprar algo novo, etc.

Aplicativos para controlar as finanças

viagem planejamento financeiro lary di lua

Embora seja possível fazer o planejamento financeiro em um caderno ou em uma planilha no computador, é mais fácil usar um aplicativo no celular. Com ele, fica mais fácil anotar suas despesas em tempo real e depois analisar quais têm sido os seus maiores gastos.

A maioria dos aplicativos e plataformas possibilitam anotar as despesas e descrição, fonte de renda, relatórios por categoria, mês, bem como integração com o cartão de crédito.Eu uso o Mobills desde 2015, mas você também pode usar o:

Organizze;
GuiaBolso;
Minhas Economias.

Tire um tempo para colocar suas contas no papel (ou no aplicativo rsrs) e comece agora mesmo a controlar sua vida financeira. Tenho certeza que será mais fácil planejar uma viagem depois sem contrair ainda mais dívidas.

Mas, se você já faz esse tipo de planejamento e deseja saber como calcular os gastos de uma viagem, confira este artigo que preparei para te ajudar.

Agora quero saber se você já usava algum desses aplicativos ou já fazia um planejamento financeiro. Me conte aqui nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo