Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

O que fazer em Cocalzinho de Goiás em um final de semana?

Cocalzinho de Goiás é mais uma cidade goiana cheia de belezas naturais e ótima para quem gosta de turismo de natureza ou aventura. Ela está localizada a 130 km de Goiânia, às margens do Rio Corumbá e cercada pela Serra dos Pirineus.

Conheci a cidade no final de semana do dia 21/02 na minha primeira viagem na pandemia. Fiquei hospedada na Pousada Riacho das Pedras, que fica na zona rural de Cocalzinho e é cortada pelo Rio Corumbá.

Cocalzinho de Goiás

A histórica da cidade começa na década de 60, com a instalação de uma fábrica da Votorantim na zona rural de Corumbá para atender a demanda da construção de Brasília. Contudo, a sua emancipação só aconteceu em julho de 1990.

O que fazer em Cocalzinho de Goiás

Se você quer fazer um bate e volta saindo de Goiânia ou de Brasília, ou ainda passar um final de semana na cidade, fique ligado nas opções de coisas para fazer na cidade:

Serra dos Pireneus

Cocalzinho de Goiás abriga uma das áreas mais preservadas da Serra dos Pireneus.

Nesse sentido, existe um portão de entrada para o parque na cidade, que achei com um acesso muito mais fácil do que o de Pirenópolis, cidade que também é cercada pela Serra.

Ela está localizada entre os municípios de Pirenópolis, Corumbá de Goiás e Cocalzinho e delimita a borda do Planalto Central. Além disso, também divide as bacias do Tocantins e do Prata.

Durante o passeio a pé pela Serra, pude observar diversas plantas do cerrado, bem como passáros e formações rochosas.

Não cheguei a subir no Pico dos Pireneus, que tem 1385m de altitude e é um dos pontos mais altos do estado.

Rio Corumbá

O percurso deste rio forma importantes cachoeiras no estado, como o  Salto Corumbá, e em Cocalzinho de Goiás não seria diferente. Há diversas quedas e poços para banho nas proximidades da cidade. 

Na pousada Riacho das Pedras existem trilhas de fácil acesso que levam até o Rio.

Cachoeira dos Pirineus

Tem uma queda de 4m e está localizada no Hotel Fazenda Tabapuã dos Pireneus. Nesse sentido, os hóspedes têm acesso livre à ela e mais outras três quedas que ficam em suas propriedades.

Além disso, existe a opção para passar o dia no Hotel, cujo ingresso custa R$50.

O Hotel ainda conta com passeios de Kayak e bóia cross pelo Rio Corumbá

Cachoeira do Girassol

Essa cachoeira tem uma queda de 10m e conta com um ótimo poço para banho, além de piscinas naturais formadas no curso do córrego.

Ela está localizada na Fazenda de mesmo nome, no distrito de Girassol, a 51km de Cocalzinho e a 18km de Águas Lindas de Goiás.

O complexo conta com pousada, trilhas, restaurantes, toboágua, arvorismo e outros atrativos para quem gosta de passar um fim de semana em meio a natureza.

Caverna dos Ecos

Um dos maiores atrativos naturais da cidade era a Caverna dos Ecos, que abrigava o maior lago subterrâneo da América Latina, com 300m de comprimento e 50m de largura. 

No entanto, já tem alguns anos que o lago secou. Vi nos comentários do Google que é muito difícil chegar na caverna e é necessário contratar um guia local. 

Gravei um vlog do meu final de semana em Cocalzinho de Goiás e te convido a assistir:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo