Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

História do Dia Internacional das Mulheres

Dias das Mulheres respeito

Você sabia que o Dia Internacional das Mulheres não é uma data comercial e surgiu após 129 trabalhadoras morrerem em um incêndio de uma fábrica de tecido de Nova York, em 1911? E que é por isso que eu e várias outras lutamos para que esse dia não seja comemorado com flores, chocolates e mensagens bonitinhas?

O dia surgiu por conta da luta por mais igualdade de gênero e hoje é um dia que o comércio todo usa para, principalmente, celebrar padrões que há muito tempo lutamos para quebrar (mulher de verdade é aquela que não usa roupa curta, mulher de verdade é aquela que cozinha pra o marido, mulher de verdade é aquela que usa rosa, é delicada, graciosa, florzinha …).

A história desse dia atravessa o movimento das mulheres operárias norte-americanas, que comemoravam em diversos Estados o Woman’s Day, desde 1908, pelo esforço do movimento de mulheres socialistas para internacionalizar a data, em 1910, e por diversos acontecimentos que marcaram a história da luta das mulheres em diferentes partes do mundo. Nenhuma dessas histórias pode ser apagada”.

De uma perspectiva histórica, fica evidente o sequestro de significado e o apagamento ostensivo da história do Dia Internacional das Mulheres. Um dia que, nas palavras de Alexandra Kollontai, deveria ser de “consciência política e de solidariedade internacional” (KOLLONTAI, 1982) vem se tornando uma data comercial em que o mercado ‘celebra’ estereótipos de gênero que determinaram e limitaram a vida das mulheres.
Fonte:Blog da Boi Tempo

Feminicidio

Além disso, ainda temos questão da violência contra a mulher. Quantas não recebem flores neste dia, e nos outros dias são agredidas, são silenciadas, assediadas, mortas? No Brasil 4,8 mulheres em um grupo de 100 mil são vítimas de feminicídio (assassinato de mulheres em contextos marcados pela desigualdade de gênero)*.

E é por isso que eu, você, nossas mães, nossas filhas, nossas tias, nossas amigas, todas nós precisamos do feminismo. Precisamos nós unir e lutar diante de qualquer tipo de violência contra as mulheres! Um mundo melhor só será construído com respeito e equidade.

*Em 2013 o Brasil ocupava a 5ª posição com uma taxa de 4,8 homicídios de mulheres a cada 100 mil. Um aumento de 9% no número de assassinatos registrados. Em 2010, o Brasil ocupava a 7ª posição no ranking com uma taxa de 4,4.

6 comentários em “História do Dia Internacional das Mulheres

  1. Post meeeega importante! O Dia da Mulher realmente perdeu o significado que era pra ter, mas por sorte, muitas de nós têm tentado relembrar as pessoas que esse é um dia sobre lutas e vitórias e não flores e bombons. ^^
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo