Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

Diário de Viagem: Meu primeiro voo de Asa Delta no Rio de Janeiro

voo de Asa Delta no Rio de Janeiro lary di lua

Como é saltar de asa delta no Rio de Janeiro?

No último dia 30 de abril fui para o Rio de Janeiro com minhas amigas e tive várias aventuras que vou contar aqui em uma série de posts.

Desta vez fiquei hospedada no Hostel El Misti Leme e passei mais dias na cidade maravilhosa. Acho o Rio lindo, assim como toda cidade que já visitei, rsrs, pois cada uma tem sua beleza e sua particularidade.  

Chegamos na quarta-feira a noite e já fomos direto para o Hostel. Como estávamos todas cansadas da viagem e do dia longo (eu mesma trabalhei antes de viajar), então resolvemos tomar aquele banho e cair na cama. No dia seguinte, fomos para a Praia de São Conrado para, simplesmente, Saltar de Asa Delta no Rio.  

lary di lua voo de asa delta (3)

Asa delta no Rio de Janeiro

Bom, quem me conhece sabe que sou um pouco medrosa e que enjoo fácil, ou seja, saltar de asa delta no Rio de Janeiro (ou em qualquer outro lugar) nunca tinha passado pela minha cabeça, até minha amiga colocar isso na cabeça e assim influenciar o restante do grupo.

Passei a assistir vídeos, pesquisar pelo assunto, mas nunca achei que de fato realizaria aquela façanha e até hoje não acredito muito que a fiz, rsrs.

Chegamos por volta das 9h no Clube de São Conrado de Voo Livre, conversamos com os instrutores, fizemos nossa carteirinha, e então subimos a Pedra Bonita, da onde saltaríamos. Do Alto da pedra, que fica ao lado da Pedra da Gávea, é possível ver grande parte da cidade, e é tão alto que é quase impossível o medo não aflorar. Confesso que fiquei gelada e nervosa ao olhar do alto e me lembrar que logo eu saltaria dali. Mas não tinha como desistir, eu já tinha feito a carteirinha, e apesar do medo, eu desejava aquilo.

lary di lua voo de asa delta (5)

Sensação

Comecei o treinamento com o meu instrutor, Alpine, que consistia em andar e correr. Aquilo já foi me deixando nervosa, pois parecia que eu não estava correndo do jeito certo, além disso, as faixas do macacão que seria preso à Asa Delta, se enrolavam nas minhas pernas na hora do treino e eu achei que aquilo durante o voo poderia me causar o maior problema.  

“Andando, corre, corre, corre”.  Em um instante eu estava correndo com todas as minhas forças, no outro eu estava simplesmente voando, foi um misto de medo e êxtase. Livre, leve e solta. O céu, o mar, a floresta, e eu ali sobre aquilo tudo, como um pássaro. Foi maravilhoso ver tudo pequeno lá em baixo e saber que tinha apenas ar sob meus pés.  

A primeira palavra que lembro de ter dito foi Aí Meu Deus, por medo com certeza, mas também por alegria e grandiosidade. Foi uma das melhores sensações que já senti em toda minha vida, algo indescritível, que só quem sente sabe como é. Ali no céu, com aquela vista maravilhosa, percebi que a vida está em todas as coisas, e que é algo tão extraordinário e divino”.

Vejam como foi o meu voo:

Valor do voo de asa delta no Rio de Janeiro

Na época pagamos R$300,00 pelo voo de asa delta e mais R$100,00 pela filmagem. Há vários instrutores de voo no Rio, pesquisem e entrem em contato com eles antes. Para realizar o voo é necessário não só fazer a carteirinha do Clube de São Conrado de Voo Livre, como também assinar um termo assegurando que entende os riscos da atividade.

Você já pulou de asa delta, tem vontade ou morre de medo ?? Me conte aqui.


7 comentários em “Diário de Viagem: Meu primeiro voo de Asa Delta no Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo