Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

Tudo o que você precisa saber para conhecer o Inhotim em 2024

Passei o Carnaval 2024 em Belo Horizonte e aproveitei a viagem para conhecer o Inhotim, um Instituto Cultural localizado em Brumadinho, a 50km da capital mineira. Esse complexo foi criado em 2006 e hoje conta com mais de 500 obras de artistas nacionais e internacionais.

Tudo o que você precisa saber para conhecer o Inhotim em 2024 lary di lua
Galeria Adriana Varejão

Dessa forma, se você gosta de cultura ou quer aproveitar sua viagem à “Beagá” para conhecer outros lugares, vale a pena colocar o Inhotim no seu roteiro.

Neste post te conto como ir de Belo Horizonte para o Instituto, valores e dicas para sua visita ser incrível.

O que é o Inhotim?

O Instituto Inhotim é um complexo de arte contemporânea e botânica localizado na cidade de Brumadinho, Minas Gerais. Inaugurado em 2006, ele abrange uma área de 140 hectares e abriga mais de 500 obras de artistas renomados, tanto brasileiros quanto internacionais.  São instalações imersivas, esculturas, pinturas, projeções e muito mais.

Além disso, o Instituto também possui uma coleção botânica com espécies raras e exóticas de plantas de diversas partes do mundo. São cactos do México, jardim de orquídeas, árvores gigantes, caminhos sinuosos, flores e lagos espalhados pelo lugar. Sem falar nos animais livres pelo parque, como quatis, patos, seriemas e outros.Como chegar no Inhotim?

Jardim Desértico - Inhotim lary di lua
Jardim Desértico

Existem duas formas práticas para chegar no Inhotim: de carro e ônibus. A primeira é a mais prática, porém é possível conhecer o Instituto mesmo sem ter alugado um carro. Isso porque a empresa Belvitur oferece uma linha turística de bate e volta entre Belo Horizonte e o Complexo. 

Os ônibus saem diariamente de frente ao hotel Holiday Inn Savassi e deixam os passageiros na entrada do Inhotim. A viagem tem aproximadamente 1h20 e custa R$120.

Quanto custa conhecer o Inhotim?

O ingresso para passar o dia e conhecer o Inhotim custa R$50 (inteira) e R$25 (meia). Contudo, na quarta-feira, a entrada é gratuita e no último domingo do mês também. Você pode comprar seu ticket na entrada do museu ou antecipadamente no site da Belvitur.

Além do ingresso, é essencial que você compre também o carrinho interno (pela Belvitur ou direto no Inhotim), um serviço de transporte em rotas pré-determinadas que funciona o dia todo. Ele é compartilhado com outros passageiros e custa R$38. Eu comprei e dei graças a Deus por isso hahaha. Afinal, o complexo é gigante e seria impossível ir em todas as galerias ou ver o máximo de obras em um dia só. 

Importante ressaltar que os carrinhos são gratuitos para pessoas que usam muletas, bengalas, cadeirantes (com direito a um acompanhante) e para crianças de até 5 anos (caso o responsável adquira o carrinho). Contudo, é preciso solicitar a gratuidade na recepção.

Outra coisa que precisa estar em seu planejamento ao conhecer o Inhotim é a alimentação. Existem dois restaurantes grandes no complexo que servem refeições completas e alguns quiosques/lanchonetes. O almoço você pode adquirir antecipadamente, também pelo site da Belvitur. 

Eu preferi levar alguns lanchinhos (frutas, bolachas de sal) e na hora do almoço comi um sanduíche de lombo suíno no Bayo, localizado perto da Galeria Miguel Rio Branco. Ele custou R$28 e achei enorme. Compensou muito.

onde comer no inhotim lary di lua

Principais obras para conhecer no Inhotim

Vou listar abaixo as obras que eu mais gostei de conhecer durante minha visita ao Inhotim:

  • Sonic Pavilion – Doug Aitken: Um pavilhão de vidro cercado pela natureza, onde no seu interior possui um buraco com mais de 200m de profundidade que capta os sons subterrâneos da Terra.
  • Galeria Adriana Varejão – um grande prédio de concreto, projeto pelo arquiteto Rodrigo Cerviño, suspenso sobre um espelho d’água, refletindo a natureza em sua volta. Dentro dele, obras da artista.
  • Lama Lâmina – Matthew Barney, a obra é uma parceria entre o artista e o músico Arto Lindsay, em que um trator sustenta uma árvore e evidencia uma preocupação ambiental. Ela está dentro de um domo geodésico de aço e vidro que reflete toda a paisagem exterior (foto abaixo).
  • Jardim Desértico, Pedro Nehring – um jardim de 2.590 m², inspirado nas paisagens desérticas do México e das regiões áridas brasileiras, composto por mais de 1.000 plantas com espinhos, folhas pequenas e cerosas, e raízes longas. 
Lama Lâmina inhotim lary di lua

Como explorar o Inhotim em 2024

Existem diversas formas de explorar e conhecer o Inhotim,afinal, ele é enorme. Portanto, minha dica é que você entre no site oficial, veja as obras e liste as que você quer ver. Eu fiz isso e tentei conhecer o que eu queria ver na parte da manhã. Depois do almoço eu só andei sem rumo mesmo ou seguindo as rotas do carrinho hahaha.

Há vários bancos espalhados pelas áreas externas, onde você pode descansar e contemplar a paisagem.

Por fim, tenha noção que este é um passeio de um dia inteiro. Ou seja, vá com calçados confortáveis, chapéus, protetor solar e paciência para explorar tudo com calma e apreciar a paisagem.

Vlog do meu dia no Inhotim aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo