Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

5 Parques de Curitiba para você conhecer durante sua viagem

5 Parques de Curitiba para você conhecer durante sua viagem
Jardim Botânico

Você definitivamente precisa conhecer alguns bosques e parques de Curitiba durante sua viagem pela capital paranaense. Embora eu já tivesse ouvido falar da quantidade de áreas verdes espalhadas pelo local, ver de pertinho me impressionou bastante.

Segundo a prefeitura da cidade, a capital paranaense conta com 28 parques e 15 bosques. Todos eles são formados por trechos de mata atlântica, possuem lagos ou nascentes, além de flora e fauna silvestre. Alguns ainda contam com decoração rústica ou temática, bem como com memoriais.

De acordo com a guia do Free Walking Tour, Luisa, a maioria dos parques de Curitiba foram construídos para drenar a água da cidade, que está localizada em uma região bem pantanosa. Ou seja, uma solução para um problema deixou a capital paranaense ainda mais linda.

Embora eu não tenha conhecido a maioria, tentei ir nos mais populares e/ou interessantes. Veja a seguir:

Bosque do Papa

Como eu disse acima, a maioria dos parques de Curitiba contam com museus e memoriais e o Bosque do Papa é um deles. Isso porque além de uma área verde com trilhas, o local também conta com o Memorial da imigração polonesa, inaugurado em 13 de dezembro de 1980, após a visita do Papa João Paulo II à cidade.

Portanto, o local conta com sete casas de madeira no estilo polones que mantêm viva a lembrança dos imigrantes da Polônia, que chegaram à essa região do Paraná em 1871.

Dos lugares que visitei, esse foi o mais calmo e tranquilo, perfeito para relaxar e ouvir o som do silêncio rs.

Localização: Rua Mateus Leme, Rua Vieira Santos e Rua Mário de Barros, no Centro Cívico.

O bosque funciona todos os dias, das 07h às 20h. Já o memorial, de terça a domingo, das 09h às 18h.

Jardim Botânico

5 Parques de Curitiba para você conhecer durante sua viagem

Um dos lugares mais visitados da capital, o Jardim Botânico chama a atenção de longe com sua enorme estufa de ferro que parece um palácio com suas três cúpulas. Ele foi inaugurado no ano em que eu nasci, em 1991 rs.

Esse parque de Curitiba, foi criado à imagem dos jardins franceses, com tapetes de flores estendidos desde sua entrada, além de labirintos verdes que deixam o lugar ainda mais bonito. O local, que tem 245 mil m², é também um Bosque de Preservação Permanente, com plantas nativas e nascentes de água, além de ser um lugar por onde passa o rio Cajuru, pertencente da bacia do Rio Belém.

Além da estufa, que abriga espécies botânicas de todo o país, é possível conhecer outras plantas e flores no Jardim das Sensações. Esse último é uma trilha de 200m composta por flores, cascatas e até colmeias de abelhas.

O Jardim Botânico funciona de segunda a domingo, das 6h às 20h, e a sua entrada é totalmente gratuita. Já o Jardim das Sensação, funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 17h.

Localização: Rua Engenheiro Ostoja Roguski, 350 – Jardim Botânico.

Parques de Curitiba – Passeio Público

Esse foi o primeiro parque público da capital e foi inaugurado em 02 de maio de 1886 pelo então presidente da Província do Paraná, Alfredo d’Escragnolle Taunay. No século passado, ele chegou a se chamar Jardim Botânico e, além de flores e plantas, era composto também por um pequeno Zoológico.

Hoje o Passeio Público é um espaço de lazer com lagos, pontes, ilhas e muita área verde bem pertinho do Centro Histórico de Curitiba. Ao seu lado, fica o Memorial Arábe, construído em homenagem à cultura do Oriente Médio.

Dos parques de Curitiba deste post, o Passeio Público é o único que não conheci com o ônibus turístico, apesar dele ser um ponto de parada também. Como ele fica perto do lugar onde eu estava hospedada, preferi ir até lá caminhando.

Fique atento ao horário de funcionamento, que é de terça a domingo, das 06h às 20h.

Localização: Rua Luiz Leão, s/n°. – Centro 

Parque Tanguá

5 Parques de Curitiba para você conhecer durante sua viagem

Esse é outro parque de Curitiba bastante famoso e com razão. Afinal, o Parque Tanguá possui um grande mirante em semicírculo que fica em cima de um paredão de pedra de uma antiga pedreira. São diversas fontes que se juntam formando uma grande cascata abaixo do mirante. Ou seja, é lindo em qualquer hora do dia e perfeito para apreciar o pôr do sol. 

O Parque Tanguá foi inaugurado em 1996 juntamente com os parques Tingui e Barigui como parte do projeto de preservação do Rio Barigui. Além da queda d’água, ele possui ainda ciclovia, pista de caminhadas, jardim e uma lanchonete.

Acabei visitando esse parque em dois horários, no finalzinho do dia e por volta da manhã e amei. 

Esse parque de Curitiba funciona diariamente, das 06h às 20h.

Localização: Rua Oswaldo Maciel, 97 – Pilarzinho

Parques de Curitiba – Bosque Zaninelli

Esse é outro bosque da cidade que vale muito a pena conhecer. Primeiro porque seu projeto arquitetônico é feito com materiais rústicos que lembram os quatro elementos da natureza: terra, fogo, água e ar. Segundo porque ele abriga a Universidade Livre do Meio Ambiente, que é um espaço voltado para o conhecimento sobre o meio ambiente e a ecologia à população.

Após a entrada, você passa por uma passarela de madeira por meio da mata atlântica e logo chega a um espaço com lago e um grande paredão de rocha, além de um mirante feito de madeira.

Eu achei lindíssimo e um lugar que vale muito a pena visitar, seja com o ônibus turístico de Curitiba, seja por conta própria. O Bosque funciona das 08h às 18h.

Localização: Rua Victor Benato, 210. Pilarzinho.

Agora me conta, você já conheceu alguns desses parques de Curitiba?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo