Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

Criaturas Fantásticas: Unicórnios

 

Esses dias lendo um post do blog Jovem Brilhante me inspirei para escrever sobre esses seres incríveis.
O Unicórnio é um animal mitológico com forma de um cavalo branco, mas com um chifre em espiral no topo da cabeça. São seres dóceis, associados à pureza e força. Segundo o mito, as virgens são os únicos que conseguem doma-los.
Eles são sempre citados em ficções fantásticas,como nas histórias de Lewis Carrol, C.S. Lewis e pela querida J.K. Rowling. Na série do Harry, o unicórnio é ser puro, e o seu sangue pode manter alguém vivo, no entanto mata-lo é algo amaldiçoado, e ter apenas uma semi-vida bebendo o seu sangue. Além disso seu pelo serve para produzir núcleos de varinhas, como a do Rony.
Esse ser também está presente no desenho Caverna do Dragão. Uni é uma  filhote do Reino que se torna a mascote dos personagens e tem afeto especial por Bobby.

 

Saindo do lado fantástico, o unicórnio seria o descendente do Elasmotherium um animal pré-histórico descrito em historias da China e pérsia. De acordo com  enciclopédia sueca Nordisk familjebok, publicada de 1876 a 1957, o animal pode ter sobrevivido o suficiente para ser lembrado em mitos do povo russo como um touro com um único chifre na testa. No ano de 1663 foi encontrado perto de uma caverna da Alemanha, o esqueleto de um animal que, especulava-se, seria um unicórnio.

 

2 comentários em “Criaturas Fantásticas: Unicórnios

  1. Lary, deixa eu te contar… EU AMO unicórnios, são um dos meus animais (mitológicos ou reais)mais queridos. Acho uma coisa tão linda, tão meiga que queria um para mim. Um beijo linda, sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo