Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua inspira você a viajar mais e a viver experiências transformadoras, por meio de planejamento de viagens, história e dicas de lugares e de Goiânia

Lugares: Conheça os nove lagos rosas pelo mundo

Lago Retba, Senegal | Foto reprodução: Rove

Com uma incrível mas incomum coloração, existem nove lagos rosas pelo mundo, sendo que quatro deles ficam na Austrália. Formados por microalgas ou bactérias, a maioria deles possuem altas concentrações de sal sendo impróprios para banho.

Como eles são formados

Essa condição rara é causada por microalgas, como a Duanliella Salina  e por bactérias como a Halobacteria. As primeiras vivem em locais com altos níveis de concentração de sal e, dessa forma, produzem um pigmento rosa quando absorve e utiliza luz solar para criar mais energia.

Já a Halobactérias, são micróbios que se hospedam em lugares salgados e crescem como flores, tingindo a água com seu pigmento rosa.

Lagos Rosas pelo mundo

Lago Retba – Senegal

Localizado ao norte da península de Cap Vert, a cerca de 30km no Senegal, está o Lago Retba, separado pelo Oceano Atlântico apenas por um estreito corredor de dunas. Sua coloração rosada, visível principalmente durante a estação seca (de novembro a junho) é causada pelas algas Dunaliella salina. 

Salina de Torrevieja – Espanha

Foto reprodução Jessa James

É um dos lagos do Parque Natural de las Lagunas de La Mata y Torrevieja, na cidade costeira de Torrevieja, região de alicante. A salinidade da água é alta e a lama negra possui propriedades terapêuticas, no entanto, é proibido entrar na água. O Parque Natural também possui uma outra lagoa salgada, mas de coloração esverdeada, a de La Mata.

Dusty Rose Lake – Canadá

Localizado na região do Parque Tweedsmuir, na Colúmbia Britânica, Canadá, o Dusty Rose Lake se diferente dos out outros lagos rosas pelo mundo, uma vez que não tem água salgada e obtém a coloração por pigmentação do ambiente ao seu redor. Sua água é sem oxigênio (águas anóxicas) e por isso não abriga nenhum tipo de vida. Não há trilhas que permite a visitação ao lago.

Masazirgol – Azerbaijão

Foto reprodução: Trip Bucket

Com uma área de 10 km esse lago está localizado em Qaradg raion, no Azerbaijão. Cloreto e sulfato são encontrados em grande volume no Masazirgol. O sal é retirado do lugar desde 1813 e em 2010 foi construída uma nova refinaria no local.

Praia Rosa das Coloradas – México

Foto reprodução: Honey Travel

Localizado na Reserva da Biosfera Ría Lagartos, na vila de pescadores de Las Coloradas, Yucatán, esse lago tem uma paisagem única: cercado por bancos de areia branca e montanhas de sal. Por conta disso, a praia é uma das atrações mais visitadas no país. Sua coloração é causada pelas halobacterias.

Lagos rosa na Austrália

Lago Hillier – Localizado em Middle Island, no arquipélago de Recherche (grupo de 105 ilhas ao largo da costa sul da Austrália), o Lago Hillier, de 600m, chama a atenção por sua coloração rosa. 

Lagoa Hutt – Esse lago tem de cerca de 14 km de comprimento e cerca de 2 km de largura e está localizado perto de Gregory, na Austrália Ocidental. Ele foi descoberto em 1839.

Foto reprodução: Roadtrippers

Quairading – Localizado a 11km da cidade de mesmo nome, esse lago é dividido pela rodovia Bruce Rock. De um lado, rosa escuro, do outro uma coloração escura. No verão, a evaporação da água faz com que o sal acumule nas árvores e nos postes da cerca. Quando a água retorna, o sal causa a cor rosa.

Field of Pink Lakes – Pink Lake, conhecido anteriormente como Lake Spencer) é um lago salgado na região de Goldfields-Esperance, na Austrália Ocidental, a 3 km da cidade Esperance. Devido as alterações de salinidade causas pela atividade humana, o Pink Lake não fica rosa há mais de dez anos. Devido à grande quantidade de espécies de pássaros, principalmente de tarambolas com capuz, o lago foi identificado como uma importante área de preservação pela BirdLife International (instituição para preservação de pássaros e seus habitats).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo