Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua inspira você a viajar mais e a viver experiências transformadoras, por meio de planejamento de viagens, história e dicas de lugares e de Goiânia

Flat lay: o que é e como produzir fotos com essa técnica?

Vocês que me acompanham a mais tempo aqui sabe que sou apaixonada pelo Pinterest e passo horas me inspirando e salvando fotos que gosto ou que eu possa me inspirar na hora de vestir, decorar um ambiente ou fazer uma coisa nova. E foi em um desses passeios que me deparei com fotos no estilo Flat Lay.

Flat lay: Pinterest

O flat lay é uma técnica fotográfica que consiste em fotografar objetos, comidas e até pessoas de cima. Ele surgiu como uma tendência de design em 1987, através do método de organização criado por Andrew Kromelow, o “knolling”. Andrew pegou objetos aleatórios e os organizou em uma superfície plana. O método de organização foi mais tarde utilizado pelo artista Tom Sachs, que produziu fotografias dessas superfícies.

Este tipo de fotografia tem ganhando muito espaço no Instagram e há diversos perfis focados em Flat Lays na rede. Como amo esse tipo de técnica, vez ou outra acabo produzindo algumas e posto no meu ig, o @larydilua.

Veja:

Gostou e quer produzir flat lays também? minhas dicas são:
Se inspire: passe horas no Pinterest procurando por este tipo de fotografia, pesquise por nicho (moda, viagens, papelaria);

Comece a produzir com coisas que você já tem em casa: posicione maquiagem, objetos decorativos e seus itens de papelaria sobre uma mesa e comece a fotografar;

Teste diferentes enquadramentos: não é necessário que todos os objetos apareçam inteiros na fotografia, por isso veja o que fica melhor enquadrado;

Use diferentes texturas: pode ser um tapete, um jogo americano, cartolina colorida, enfim, use a criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo