Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua inspira você a viajar mais e a viver experiências transformadoras, por meio de planejamento de viagens, história e dicas de lugares e de Goiânia

Diário de Viagem: De Ilhéus, cidade de Jorge Amado, a Itacaré, na Bahia

Fiquei sumida do blog, mas foi por um bom motivo: fiz uma viagem para Ilhéus e Porto Seguro. Não era minha férias, mas era as férias da minha mãe e do meu irmão. Assim, acabei conseguindo uma semana no meu serviço. Nosso destino foi Ilhéus/BA e Porto Seguro/BA. Eu e minha mãe já conhecíamos Porto Seguro, mas nossa última viagem para lá tinha sido há dez anos.

Viagem a Ilhéus

A 446 km de Salvador, Ilhéus é conhecida por ambientar os romances do escritor Jorge Amado, como “Gabriela, Cravo e Canela”. A cidade foi fundada em 1534, mas só foi elevada a essa categoria em 1881.

Essa garça sempre ficava no lago em frente ao Hotel

Fiquei hospedada no Hotel Aldeia da Praia, localizado em frente à Praia dos Milionários, e distante do Centro Histórico. No entanto, fui ao centro todas as noites e fiz um City Tour pelo centro histórico, onde conheci a casa do Jorge Amado, onde hoje é um museu, a Catedral, o Bataclan (antigo cabaré), prédios governamentais e outros.

Também fui na Praia da Ribeira em Itacaré, cidade próxima a Ilhéus. Adorei a paisagem que vi: a praia é cercada por matas. Me senti naqueles filmes que as pessoas sofrem um naufrágio e ficam perdidos em uma ilha paradisíaca rsrs.

Praia da Ribeira
Praias de Itacaré
Na volta para Ilhéus, passamos na Casa da Empada e escolhi uma de camarão com catupiri. Estou apaixonada até hoje.

Na próxima semana faço um post contando um pouco da minha viagem em Porto Seguro, nordeste.

5 comentários em “Diário de Viagem: De Ilhéus, cidade de Jorge Amado, a Itacaré, na Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo