Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua inspira você a viajar mais e a viver experiências transformadoras, por meio de planejamento de viagens, história e dicas de lugares e de Goiânia

Chapadas do Brasil: da Mesa, Araripe e dos Parecis

chapada das mesas lary di lua
Imagem Reprodução: Pé na Estrada

As Chapadas brasileiras são caracterizadas por relevos montanhosos, muitas cachoeira e águas cristalinas,e, portanto, estão entre os principais destinos ecoturísticos do país. Há uns dias fiz um post falando da Chapada dos Veadeiros, dos Guimarães e Diamantina. Dessa forma, hoje vim falar sobre a Chapada da Mesa, do Araripe e dos Parecis, confira:

Chapada da Mesa

Imagem Reprodução: Um Viajante

A Chapada das Mesas é uma unidade de conservação de mais de 160 mil hectares de cerrado localizada no Maranhão, entre os municípios de Carolina, Estreito e Riachão. Para elevar a área preservada do cerrado, em 2005 foi criado o Parque Nacional da Chapada das Mesas. Rica em fauna e flora característica do cerrado, a área é composta por florestas de buritizais, sertões, relevo de chapadas vermelhas, cânions, cavernas e cachoeiras. 

Entre as principais atrações da Chapada das Mesas estão as cachoeiras de São Romão, da Prata, Complexo da Pedra Caída. Tem também o Morro das Figuras (com inscrições rupestres) e o Morro do Chapéu. Assim como a Chapada dos Veadeiros, a Chapada das Mesas também conta com cachoeira de água azul, como o Complexo Cachoeiras do Cocal e Encanto Azul.

A cidade base para quem quer conhecer o Parque ou outros atrativos da Chapada das Mesas é a cidade de Carolina. Ela está localizada a 214km de Imperatriz (MA) e 530km de Palmas (TO). 

Chapada do Araripe

Imagem Reprodução: Portal Morada

Localizada entre os estados do Ceará, Pernambuco e Piauí, a Chapada do Araripe está em uma região semi-árida. Contudo, cercada de aquíferos formados em sua bacia sedimentar. O Araripe abriga uma floresta nacional, uma área de proteção ambiental e um GeoParque, lugar escolhido pela Unesco para identificar e sinalizar áreas importantes da história da Terra.

Diferente das outras chapadas brasileiras, no Araripe não há tantas cachoeiras e águas cristalinas, mas sim sítios arqueológicos cheio de fósseis. Diversas espécies de dinossauros, como o Irritator e Santanaraptor placidus foram descobertos na região da Chapada do Araripe pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro.  A fauna local é composta por diversas espécies de répteis, insetos e mamíferos, além de 290 espécies de aves.

As cidades bases para quem quer conhecer a região são Crato, Barbalha e Juazeiro do Norte, todas a a 512km de Fortaleza aproximadamente. 

Chapada dos Parecis

Imagem Reprodução: Conhecendo o Brasil

A Chapada dos Parecis está localizada no sudoeste do Mato Grosso, próximo à fronteira com a Bolívia. Em suas nascentes são formadas duas grandes bacias hidrográficas, a Amazônica e da Platina. A região da chapada é formada por várias cachoeiras de águas cristalinas, muitas localizadas em Terras Indígenas, demarcadas pela Funai. Logo, a Chapada do Parecis possui muitas áreas preservadas. Ademais, também tem vários monumentos de pedra criados pela natureza e cavernas com inscrições rupestres. 

A área, cuja vegetação é caracterizada pela Floresta Amazônica e pelo Cerrado, possui uma grande biodiversidade. Entre os principais atrativos da Chapada dos Parecis estão: as Cachoeira Dois de Novembro, Quatro de Março, São Francisco e São Vicente. Além disso, há também as Serras Novas, Serra dos Pacaás Novos, Serra da Vitória, Serra das Queimadas e Serra da Pedra Branca.

A principal cidade para quem quer conhecer a Chapada é a Campo Novo do Parecis, localizada a 391km de Cuiabá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo