Di Lua | Dicas para você viajar mais

Inspirando você a viajar mais e a viver novas aventuras, por meio de dicas de roteiro e planejamento de viagens, dicas de lugares e de Goiânia.

Cachoeira Santa Bárbara – Uma das maravilhas da Chapada dos Veadeiros

cachoeira Santa Bárbara chapada dos veadeiros lary di lua

Na sexta-feira, dia 28 de abril, saí com a família e os amigos em uma excursão, com a Satur Viagens, rumo a Cavalcante, cidade a 500 km de Goiânia e 320 km de Brasília, ao norte da Chapada dos Veadeiros. É em Cavalcante que está localizada a Cachoeira Santa Bárbara, comunidades kalungas e diversas belezas naturais.

Saímos de Goiânia às 21h, paramos para lanchar em Anápolis e então seguimos viagem. Chegamos ao Hostel e Camping Cavalcante por volta das 5h da manhã. Eu, minha mãe, irmão, primo e amigos preferimos ficar no hostel pela praticidade. Então chegamos lá e nos acomodamos, e depois fomos procurar café da manhã.

Como chegar ao Povoado Engenho II

Às 9h entramos no ônibus rumo ao Povoado do Engenho II, comunidade Kalunga onde está localizada a Cachoeira Santa Bárbara e que fica a 28km de Cavalcante.

Como a estrada que leva a comunidade Kalunga é de difícil acesso, pagamos R$45 reais (cada pessoa da excursão) por um ônibus mais simples para nós levar até lá (veja percurso). Todavia, no valor estava incluso o pagamento de dois guias.

No caminho à comunidade, paramos no Mirante Nova Aurora, de onde podemos ver parte da Chapada dos Veadeiros. Assim, chegando à comunidade, fomos ao Centro de Apoio ao Turista (CAT) onde assinamos uma lista de presença e pagamos mais R$20 para entrar nas cachoeiras.

Vista do Mirante Nova Aurora

Cachoeira Santa Bárbara

Do CAT seguimos para a cachoeira Santa Bárbara de ônibus, mas pouco tempo depois descemos e continuamos a pé, pois o ônibus não conseguia mais fazer a rota. A estrada é ruim, com bastantes pedras e subidas íngremes. Carros 4×4 dão conta do recado (fica a dica!).

Durante a trilha de 6 km (nível fácil pois a maior parte é estrada plana) até a Cachoeira Santa Bárbara vimos uma variedade de flores, animais (cobrinhas), paisagens de tirar o fogo e várias nascentes de águas. Quando o cansaço já falava alto, finalmente chegamos ao ponto alto do nosso dia: Cachoeira Santa Bárbara, com suas águas cristalinas, que no reflexo do sol fica com um tom de azul lindíssimo.

Ficamos cerca de 1h30 na Cachoeira Santa Bárbara, que tem limite de tempo por causa do grande fluxo de turistas. De lá passamos em Santa Barbarazinha, que fica um pouco antes de Santa Bárbara e também tem as águas em tons de azul. Fizemos uns 20min de trilha e pagamos R$5 (cada) para voltar para a comunidade de “pau-de-arara”.

Chegando na comunidade Kalunga seguimos a trilha para a Cachoeira Capivara, 800m com um nível médio de dificuldade (descidas e muitas pedras). A vista de cima da Cachoeira Capivara é lindíssima (veja foto abaixo), mas o cansaço não me permitiu descer até a queda d’água.

Vista do alto da Cachoeira Capivara

Ficou curioso para ver como foi minha viagem? assista ao vídeo abaixo:

O Thiago e a Laís, do blog Casal só Viagem, produziram um Guia Online da Chapada dos Veadeiros com várias informações úteis sobre a Chapada.

16 comentários em “Cachoeira Santa Bárbara – Uma das maravilhas da Chapada dos Veadeiros

  1. Nossa, Lary. Precisamos conhecer mais nosso Goiás. Tem muitos lugares lindos por aqui né?
    Certeza que foi incrível esse passeio, tirando a parte da caminhada de 6 e as continhas hahaha.
    Amamos as fotos

  2. Cara que lugar Felicia. Eu tô sofrendo esse ano pq quero mto planejar e viajar. Mas segundo semestre acho que consigo.

    Arrasou na viagem! Bjooo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo