Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

Me desculpa?


Durante todo esse tempo eu me senti segura, forte e amada. Tivemos momentos incríveis, felizes, mas também alguns ruins. A vida é assim, não somos felizes o tempo todo, e os momentos ruins nos faz refletir o que precisamos melhorar ou até mesmo mudar. Somos humanos, temos medos, desejos, erramos e acertamos, não na quantidade que gostaríamos, mas tudo é isso é aprendizado, não é mesmo?

A vida é feito de escolhas, e começar um relacionamento é uma delas. Eu faria tudo de novo, se fosse preciso, te esperaria no mesmo banco, te abraçaria, te ligaria, e escolheria ficar com você pelo tempo que fosse possível, assim como escolhi. A rotina as vezes é chata, mas sempre tentamos contorná-la, fazemos algo novo, batemos perna por aí, ficamos atoa, e a companhia um do outro é a única coisa necessária.

Com a rotina, vem a intimidade, a convivência, e, infelizmente,com ela vêm as brigas por coisas bobas, que depois se tornam grandes brigas por coisas bobas. E se os dois forem orgulhosos, a coisa toda fica ainda mais difícil. É preciso que um lado dê o primeiro passo e veja que errou, que deveria ter escutado o outro, pois é ele que está sempre ali ao seu lado, pronto para te ouvir e te amparar. É assim até com os nosso pais e amigos, porque em um relacionamento isso seria diferente?

Somos diferentes, temos pensamentos, ideais e personalidades diferentes, as vezes discutimos por coisas bobas, às vezes concordamos com as mesmas coisas. E é isso que constrói um relacionamento forte, já pensou se concordássemos com tudo? iria ser bem chato e monótono.  

Eu errei, deixei forças externas abalar nossa relação. Eu errei, quando não demonstrei tudo aquilo que sentia. Eu errei, quando eu não disse que te amava, quando isso estava bem claro para todo mundo. Eu errei, quando deixei o orgulho falar mais alto e não pedi desculpas.

Mas percebi que é com você que quero estar, sem indagações, sem contestações, sem medo.

Me desculpa?

 

*Texto “Me Desculpa?” foi escrito por mim, quem visita o blog a mais tempo lembra que eu postava muitos textos pessoais, mais literários, e estou pensando a voltar a postar novamente, o que acham ?

2 comentários em “Me desculpa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo