Di Lua | Inspirando você a viajar mais e viver experiências transformadoras

O Blog Di Lua te ajuda a planejar todas as etapas de sua viagem, desde a tirar passaporte até o que fazer em diversos lugares. Dicas de Viagem e Roteiros

Conheça a história de Afrodite: a Deusa grega do amor

história de Afrodite: a Deusa grega do amor lary di lua

Afrodite, a deusa grega do amor, é tida também como a deusa do culto a beleza, da prosperidade e sexualidade.

Sou apaixonada pela mitologia grega e por toda a história daquela civilização, que foi uma das mais importantes da Antiguidade. A cultura grega influenciou não só as artes e a cultura, como também a politica e as ciências exatas atuais.

Cultura grega

Os gregos eram politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses. Estes possuíam características e comportamentos humanos, mas se diferenciavam pela sua imortalidade. Os Deuses mais importante habitavam o Monte Olimpo, de onde decidiam a vida dos mortais. Maldade, bondade, egoismo, fraqueza, força, vingança, amor, determinação, eram algumas das características destes seres que interferiam constantemente na vida dos humanos, inclusive tendo filhos com eles, os heróis e semideuses.  

Afrodite, a deusa grega do amor

Uma deusa em particular sempre me causou um certo interesse. Tempos depois descobri que ela regia meu signo, touro.  Afrodite, a deusa grega do amor, era a Vênus para os romanos, aquela que protegia as artes e a prosperidade.

De acordo com a lenda, ela nasceu quando Cronos, titã que deu origem aos Deuses do Olimpo, cortou os órgãos genitais de Urano e arremessou-os no mar. Assim, da espuma (aphros) surgida ergueu-se Afrodite. Isso teria acontecido perto de Pafos, na ilha de Chipre, motivo pelo qual ela é chamada de “Cípria”. Entretanto, de acordo com Homero (famoso poeta grego), Afrodite seria filha de Zeus e Dione, a deusa-mãe .  

A deusa era muito bela e, por isso, os outros deuses temiam que isso causasse guerras, uma vez que era cortejada por todos os Deuses. Assim, Zeus (que foi rejeitado pela Deusa) a casou com Hefesto, Deus ferreiro, pois o mesmo não era visto como ameaça. Afrodite teve diversos amantes, tanto deuses como mortais.  

Ainda de acordo com a mitologia, Afrodite podia manipular um homem não só com a beleza, mas sim com o olhar, contato físico, mental, pelo cheiro e som.  

O Nascimento da Vênus – Sandro Botticelli 1486

Filhos de Afrodite

Com Hermes (Deus mensageiro): teve o filho Hermafrodito; 
Ares (Deus da guerra): teve os filhos Eros (Deus da paixão e do amor) e Anteros (Deus da ordem;
Apolo (Deus da luz, da cura e das doenças): teve o filho Himeneu (Deus do casamento);
E com Dionísio (Deus do prazer, das festas e do vinho) teve o filho Príapo (Deus da fertilidade).  

Influência na Guerra de Troia

Segundo a mitologia, a Guerra de Troia teve inicio com Afrodite. Após um concurso de beleza entre ela, Hera e Atena, a mesma foi a vencedora. Por a ter escolhido, Afrodite deu ao juiz, Paris, o amor da mais linda mulher: Helena. No entanto ela já era esposa de Menelau, rei de Esparta. Então Paris rapta Helena e assim se inicia a Guerra de Troia.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo